Top 3 de desodorizantes naturais!

desodorizante

Quando tomei consciência da importância de usar cosméticos biológicos, uma das coisas que mais me preocupou foi o uso de desodorizantes que têm na sua composição substâncias prejudiciais à saúde.

Por mais que argumentem que são doses muito pequenas, não nos podemos esquecer que os colocamos todos os dias durante muitos anos da nossa vida.

As axilas têm a maior concentração de glândulas sudoríferas do corpo. Suar ajuda a eliminar toxinas e é essencial não colocar nada que obstrua a sua saída, como silicone, alumínio e outros químicos, normalmente presentes neste tipo de produto. Isso acaba com um dos nossos principais meios de desintoxicação e é preocupante usarmos algo que não permita o natural funcionamento do nosso organismo.

No entanto a nossa transpiração liberta por vezes um odor menos agradável e é importante ter um produto que o neutralize, ainda que deixe a pele desobstruída.

Confesso que demorei cerca de dois anos até encontrar o desodorizante ideal para mim.

Partilho aqui, aqueles que considero os melhores!

Bicarbonato de sódio

14813525_10209860041650457_258691516_n

Estava quase a desistir, quando nas minhas pesquisas li um pouco mais sobre as propriedades do bicarbonato de sódio e suas múltiplas funções.

É um produto excelente para neutralizar odores e quando combinado com um óleo mais denso, torna-se numa boa opção “do it yourself” de desodorizante. Basta juntar óleo de côco ou manteiga de carité e um óleo essencial para dar aroma (opcional). Fica com a consistência de um creme e um cheirinho muito agradável.

Mas há pessoas que como eu, podem sofrer de alguma irritabilidade na pele devido ao contacto continuado com o bicarbonato e pode também não ser a melhor solução. Há quem se adapte muito bem e não tenha qualquer problema e assim sendo é uma excelente opção. Económica e saudável!

Óleo de Palmarosa

14813463_10209859727322599_533353614_n

Esta sugestão veio de uma querida amiga, Cláudia Maia, que tem uma ótima experiência com o óleo de Palmarosa. O cheiro é delicioso e de facto neutraliza o odor. Devem misturar com um outro óleo,  como o de Amêndoas Doces ou de Rosa Mosqueta e ficam com um desodorizante muito eficaz, que aguenta o dia todo.

Podem comprar no Celeiro pelo valor de 10,10€.

Mais uma vez, como tenho a pele muito sensível fiquei com alguma irritabilidade e percebi que apesar de eficaz não era a melhor solução.

Pedra de Alúmen ou Pedra Hume

14741102_10209859727682608_1160756885_n

Outra querida amiga, Raquel Vieira, que tem preocupações semelhantes, partilhou comigo que também não se tinha adaptado ao bicarbonato e encontrara o desodorizante perfeito, a Pedra de Alúmen.

Vem num frasco em spray, com as pedras esmagadas lá dentro. Junta-se água e está pronto a usar!

É uma pedra cujo uso é ancestral e está ligado à neutralização de odores, cicatrização de feridas, acne e calmante pós depilação. Muitas barbearias usam-na ainda hoje para acalmar a pele depois de fazerem a barba aos seus clientes.

Não tem cheiro, não mancha, deixa a pele respirar e neutraliza o odor.

Foi o único que deixou a minha pele intacta e sem qualquer irritabilidade. É aliás recomendado para quem tem peles muito sensíveis.

O valor é de cerca de 3€ na Ideal Bio (Rua 5 de Outubro, Porto) e o mesmo frasco pode ser carregado com água até 12 vezes. A marca é Bio Defense.

Tem também à venda no Celeiro, mas não é exatamente igual. Já vem preparado e contém mais ingredientes.

Para uma maior durabilidade e eficácia deste produto, recomendo:

  • usar água destilada, porque absorve melhor a substância e evita o entupimento do tubo;
  • se mesmo assim o tubo entupir, deve passá-lo por água quente;
  • quando a substância estiver bem diluída na água, as pedras devem ser retiradas e conservadas noutro recipiente (não é obrigatório, mas garante maior duração);

Esta pedra tem alumínio?

Não. As pessoas confundem o alúmen de potássio com aquele que está presente na maioria dos desodorizantes convencionais, o cloreto de alumínio e que tem uma função anti-transpirante.

Esta pedra, permite a transpiração e a eliminação natural de toxinas e previne o desenvolvimento de bactérias nocivas. É ideal para quem sofre de alergias cutâneas pois não contêm os principais ingredientes alergénios da maioria dos desodorizantes.

E noutros formatos também tem o mesmo efeito?

Sim, mas este formato em spray é o mais prático e duradouro.

Podem comprar a pedra inteira e colocar água de cada vez que a usam. O inconveniente é que ela tem tendência a desfazer-se e a manutenção da mesma é menos eficaz.

Se não encontrarem facilmente o formato em spray, usem a pedra inteira que tem o mesmo efeito.

Esta foi definitivamente a melhor solução, mas as anteriores têm resultados também espetaculares em muitas pessoas. Aconselho que testem e tentem encontrar aquele que for a melhor opção!

Se experimentarem uma destas sugestões, partilhem comigo os vossos resultados. Gostava muito de ter o vosso feedback.

14797379_10209860008769635_526549799_n

4 Comentários
  1. Eu já usei a pedra de alumen, mas tem o inconveniente de de começar a desfazer e ter de molhar cada vez que de precisa de utilizar. Agora estou a usar o da mádara com a pedra também é gosto, mas tem o inconveniente de ser caro (cerca de 12€). Por isso sem sombra de dúvida que vou experimentar a terceira opção. Parece-me simples de transportar e de aplicar 🙂 obrigada Cramês 🙂

  2. Maria…olá!
    Tenho uma experiência diferente…Como tomo cloreto de magnésio habitualmente, fiz um desodorizante com…óleo de magnésio. Dissolvi 33g de cloreto de magnésio(Nigari) em 100ml de água destilada. Adicionei 10 ml de óleo de abacate e acrescentei 5 gotas de OE de tea tree e 5 gotas de OE alfazema. Coloquei num frasco reciclado de desodorizante de “bolinha”/roll one e…voilá! Agito antes de usar para emulsionar.Funciona lindamente!
    Espero que gostes!!!

  3. Olá Maria, recentemente comprei, na Organii, o desodorizante da Coslys, com pedra de alúmen e estou a gostar muito. Com cheiro a citrinos é bastante agradável. Outra das vantagens é que dá próxima vez só compro a recarga, e assim, evito gastar muitas embalagens. Não é barato, cerca de 10€, mas acho que vale a pena.
    Obrigada por tudo. Gosto imenso do seu blog.

Deixar um comentário

O seu endereço de email nunca será partilhado com terceiros.

Vocês pode usar estes tags e atributos em HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Olá

Chamo-me Maria e vivo no Porto, em Portugal.
Este blog é dedicado ao meu estilo de vida e a tudo aquilo que me inspira!
Tornar-me vegetariana em Janeiro de 2002, mudou muito a minha vida e ainda hoje é um aprendizado constante!

Segue-me no instagram!.